30 janeiro 2015

Livro: Eu sou Malala (Malala Yousafzai & Christina Lamb)


Provavelmente você já deve ter ouvido falar em Malala Yousafzai, a adolescente paquistanesa que desafiou o Talibã e ganhou o Nobel da Paz em 2014. Em Eu sou Malala, livro publicado em 2013 pela Companhia das Letras aqui no Brasil, viajamos lá para o país islâmico para conhecer e compreender toda a história de luta da garota até o momento em que o livro foi lançado.

Malala só tem um sonho: o de ver garotas como ela estudando livremente em seu país; um sonho que foi considerado uma provocação e quase a levou a morte, já que foi baleada no crânio por um membro do movimento fundamentalista islâmico nacionalista (o Talibã) em 2012.


O livro já começa descrevendo o dia em que fora baleada, com um prólogo intitulado de O dia em que meu mundo mudou. Aqui já criamos toda aquela expectativa em descobrir porque uma garota tão inofensiva (pelo menos para nós) foi perseguida e quase conheceu a morte. A autobiografia segue com a Parte I, Antes do talibã, começando com um foco especial na história de seu pai, Ziauddin Yousafzai, aquele que plantou a sementinha na cabeça da filha, pois também lutou para conquistar o seu sonho de administrar sua própria escola (mesmo que isso tenha custado grande parte de seu dinheiro e conforto de sua família). Os capítulos seguintes descrevem como foi para Malala crescer na escola do pai, como era a sua aldeia, quais eram suas preocupações, o momento em que tentaram fechar a escola do pai porque admitiam alunas e o terremoto no vale do Swat, onde morava.


Palestra de Ziauddin Yousafzai no TED: Minha filha, Malala

A partir da Parte II, O vale da morte, as coisas começam a ficar mais tensas: entra o Talibã, que começa cativando os muçulmanos com suas palavras na estação de rádio clandestina Mulá FM para plantar uma guerra contra aqueles que não seguiam os seus princípios, mais detalhes sobre o dia em que Malala e suas colegas foram baleadas na Parte III, Três meninas, três balas, a sua cirurgia na Parte IV, Entre a vida e a morte, e como tem seguido com sua vida na Parte V, Uma segunda vida.

Devorei o livro em pouquíssimo tempo e a história me emocionou demais! Gostei especialmente porque pude conhecer melhor a história do Paquistão e sua cultura, e porque nos faz sair da caverna eliminando (ou tentando eliminar) aquele nosso pré-conceito de que todo muçulmano segue cegamente os princípios do Talibã e é a favor do terrorismo. Não é bem assim! Existem muitos como Malala e seu pai que lutam pelos seus direitos (e pelos de suas mulheres) e que fazem uma outra leitura do Alcorão.

"No Paquistão, quando sou proibida de ir a escola, compreendo o quão importante é a educação. A educação é o poder das mulheres!" (Malala Yousafzai)

Para saber mais: Malala fundou uma ONG, o Malala Fund, e você pode acompanhar as novidades através de sua página no Facebook!

9 comentários:

  1. Já fiquei com vontade de ler também!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-mnoda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  2. Sempre tive vontade de ler esse livro, a história de Malala é realmente incrível. A oportunidade ainda não apareceu, mas com certeza está na minha lista de favoritos para a leitura.

    Beijo.
    http://www.tendadoslivros.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa como existem etnias diferentes neh?
    Nem nos damos conta temos de dar valor ao que temos
    Bjs
    www.carolinafaria.com.br
    facebook.com/blogcarolinafaria
    instagram @carolinacf

    ResponderExcluir
  4. Taí um livro que ainda não li e tenho vontade, vejo várias resenhas positivas e a importância da história =) Quero ler

    Adorei sua resenha

    ResponderExcluir
  5. Olá!!
    vi essa historia por cima, mas achei muito interessante.
    toda essa coragem que ela teve de desafiar o país :O
    vou procurar esse livro por aqui! :D
    Beeijos;*

    www.harumiholanda.com

    ResponderExcluir
  6. Um livro bem interessante. A história de vida dela é importante para darmos valor à escola, mesmo não sendo uma das melhores. E é um alerta também para que a gente se lembre que nem todo mundo que segue o Alcorão, é terrorista. Bjus!

    ResponderExcluir
  7. Fiquei com muita vontade ler! Acho incrível essa coragem da Malala, e tenho muita curiosidade pra saber mais da história dela.
    Boa resenha!
    Beijos!

    Vestindo o Tédio

    ResponderExcluir
  8. Deve ser emocionante mesmo. Não que não tenhamos problemas no Brasil também, mas creio que nossos problemas não são desse nível. Algumas coisas me deixam chocada, o que a Malala passou é uma delas.
    Já leu Pequim em Coma? Falei lá no blog sobre o livro, ele fala sobre o massacre da Praça da Paz Celestial e também é emocionante. Meio pesado, mas lindo ao mesmo tempo. Do tipo que faz a gente pensar de verdade sobre tudo que acontece ou já aconteceu fora da nossa zona de conforto onde o maior problema é o valor do imposto '-'

    ResponderExcluir
  9. Harrah's Casino Review & Ratings by Online
    Read our unbiased review 야구 사이트 of 바카라에볼루션 Harrah's Casino, its complaints 룰렛 규칙 and other factors. Learn more about the casino and other 저녁밥 추천 factors that bet365 com au players should consider.

    ResponderExcluir